quantiQ

Notícias

25/09/2017

BASF irá adquirir o negócio global de poliamidas da Solvay

Posição como fornecedora de soluções para várias indústrias será fortalecida

A BASF e a Solvay assinaram um acordo relativo à venda do negócio integrado de poliamidas da Solvay. O preço de compra, levando em consideração a situação da sociedade alvo, sem obrigações financeiras de um lado e sem caixa de outro (cash and debt-free basis) seria de € 1,6 bilhão. De acordo com as leis aplicáveis, a transação prevista está sujeita a consultas com as organizações sociais relevantes da Solvay, seguidas de um contrato vinculativo de compra e venda. A Solvay e a BASF pretendem concluir a transação no terceiro trimestre de 2018, após a obtenção das aprovações de organismos regulatórios e autorização formal de um parceiro de joint venture. O parceiro já se comprometeu em conceder a autorização, estando à espera da entrega dos documentos definitivos por parte da BASF.

A aquisição complementaria o portfólio de plásticos de engenharia da BASF, ampliando a posição da empresa como fornecedora de soluções de transporte, construção, aplicações industriais e indústrias de consumo. Regionalmente, a transação aumentaria o acesso aos principais mercados em crescimento na Ásia e na América do Sul. Ao mesmo tempo, a aquisição reforçaria a cadeia de valor da poliamida 6.6 da BASF através do aumento das capacidades de polimerização e da integração reversa para a matéria-prima principal ADN (Adiponitrila).

Para o ano de 2016, as vendas líquidas do negócio a ser adquirido da Solvay totalizaram € 1,315 milhão e o EBITDA foi de aproximadamente € 200 milhões. A empresa tem cerca de 2.400 colaboradores em todo o mundo, dos quais aproximadamente 1.300 estão na França. Globalmente a Solvay opera 12 sites de produção, 4 locais de P&D e 10 centros de suporte técnico. O negócio seria integrado às divisões de Materiais de Performance e Monômeros da BASF.