quantiQ

Notícias

01/11/2017

Vendas e lucros da BASF crescem significativamente no terceiro trimestre de 2017

O Grupo BASF registrou um crescimento significativo nas vendas e nos lucros no terceiro trimestre de 2017. "O crescimento positivo da demanda continuou no terceiro trimestre de 2017. Alcançamos um sólido crescimento no volume, mesmo em comparação com o excelente trimestre do ano anterior”, comentou Kurt Bock, presidente da Junta Diretiva da BASF SE.

As vendas do Grupo BASF aumentaram em 9%, ao compararmos com o trimestre do ano anterior, indo para €15,3 bilhões. Tal resultado foi fruto principalmente da evolução dos volumes e dos preços de venda mais altos no segmento de Químicos. A aquisição do negócio da Chemetall, em dezembro de 2016, também alavancou as vendas. Todos os segmentos registraram um leve impacto negativo devido aos efeitos cambiais.

Os lucros operacionais, antes dos itens extraordinários (EBIT), apresentaram um aumento considerável, €244 milhões, decorrente da contribuição do segmento de Químicos, indo para €1,8 bilhão. A BASF registrou um leve declínio no EBIT antes dos itens extraordinários, no segmento de Óleo e Gás, e um declínio considerável nos segmentos restantes e em Outros, resultado dos altos preços das matérias-primas.

O EBIT do terceiro trimestre incluiu o valor líquido dos itens extraordinários de €198 milhões, após o valor de menos €52 milhões, comparado ao trimestre do ano anterior. O lucro adicional no segmento de Produtos de Performance, advindo da transferência do negócio de químicos para couro da BASF para o grupo Stahl, foi o grande contribuinte para tal resultado, levando ao aumento do EBIT de €1,5 bilhão para € 2 bilhões.

Os lucros advindos das atividades operacionais antes de depreciação, amortização e itens extraordinários (EBITDA antes dos itens extraordinários) aumentaram em €303 milhões, ao compararmos com o mesmo trimestre do ano anterior, indo para €2,8 bilhões e o EBITDA registrou um aumento de €570 milhões, indo para a casa dos €3 bilhões.

O lucro líquido cresceu em €448 milhões, indo para €1,3 bilhão. O lucro por ação foi de €1,45 no terceiro trimestre de 2017, ao passo que no mesmo trimestre do ano anterior, o valor foi de €0,97. O lucro por ação, ajustado para itens extraordinários e amortização de ativos intangíveis, foi de €1,40 (mesmo período em 2016: €1,10).

Nos primeiros três trimestres de 2017, os ganhos em espécie advindos das atividades operacionais aumentaram em €1,8 bilhão, indo para €7,6 bilhões, comparado ao mesmo período do ano anterior, ocasionado pelo aumento da receita líquida. O fluxo de caixa livre foi de €2,9 bilhões para €5 bilhões nos primeiros nove meses de 2017.