quantiQ

Notícias

01/11/2017

Frente Parlamentar da Química conhece inovação e diversidade de mercados da Artecola

Integrantes da Frente Parlamentar da Química no Congresso Nacional visitaram nesta segunda-feira (25/09) a Matriz da Artecola Química, em Campo Bom (RS). O grupo de cinco deputados federais, além de dirigentes da Abiquim, Sindiquim e convidados, está no Rio Grande do Sul para o II Fórum Nacional pela Competitividade da Indústria Química, evento que ocorre nesta tarde, no Salão de Convenções da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). “A ideia do Fórum é promover discussões sobre a competitividade da indústria química, e as visitas são uma oportunidade especial para que os deputados, que legislam sobre o setor, possam conhecer melhor a realidade e as demandas do segmento”, relata Eduardo Kunst, Presidente Executivo da Artecola Química.

No grupo de mais de 20 pessoas, estavam os deputados federais João Paulo Papa (PSDB-SP), presidente da Frente Parlamentar da Química; Afonso Motta (PDT-RS), Vice-presidente da Frente na Câmara; e os coordenadores temáticos da Frente: Orlando Silva (PC do B-SP), de Saúde e Segurança do Trabalho; Renato Mooling (PP-RS), de Químicos para Couro; e Milton Monti (PR-SP), de Infraestrutura e Logística. Também estavam o Presidente Executivo da Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química), Fernando Figueiredo, o presidente do Sindiquim (Sindicato das Indústrias Químicas no Estado do Rio Grande do Sul), Newton Battastini, e convidados de outras empresas e entidades.

Mais de 100 novos produtos por ano

Os visitantes conheceram a diversidade de mercados em que a Artecola atua, com produtos que vão desde partes de automóveis e de calçados, tecnologias para construção de casas, adesivos para consumidor final e para colagem das mais diferentes aplicações (fraldas, móveis, cadernos, roupas, embalagens congeladas, entre muitos outros exemplos). Com quase 70 anos de história, a empresa mantém 11 plantas produtivas em seis países, apresenta o segundo maior Market Share da América Latina e lança mais de 100 novos produtos por ano.

A Artecola é considerada a 6ª empresa brasileira mais internacionalizada (Ranking da Fundação Dom Cabral). Opera com plantas no Brasil, Argentina, Chile, Peru, Colômbia e México, bases de onde se estende para um mercado de 23 países na América Latina. Também é referência em inovação: entre os destaques, é vencedora do Prêmio Finep de Inovação e está entre as 22 selecionadas - entre mais de 200 empresas - para integrar o livro “Inovar é Criar Valor”, lançado pelo MEI (Movimento Empresarial pela Inovação).

Apenas duas visitas

O roteiro da Frente Parlamentar da Química incluiu apenas duas paradas: a Artecola Química, em Campo Bom, e o Polo Petroquímico de Triunfo. “Fomos escolhidos para representar as milhares de empresas de segunda e terceira geração, que produzem a partir das matérias primas que o Polo fornece, como central de matérias primas de primeira geração”, diz Eduardo. “Recebemos a Frente com essa responsabilidade, e com o orgulho por termos sido a empresa escolhida, com base em nossa inovação e internacionalização”, destaca. Ele recebeu os parlamentares ao lado do Presidente do Conselho de Administração, Renato Kunst, do Diretor Executivo Indústria, Evandro Kunst, de executivos e colaboradores da Artecola. A presidente da Fundação Francisco Xavier Kunst, Simone Kunst, também participou apresentando as ações sociais da entidade. Mais informações: www.empresasartecola.com.br.